Entenda a Carência dos Planos de Saúde

Você sabe o que significa prazo de carência nos planos de saúde? Conforme definição pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), responsável por regular o setor de planos de saúde no Brasil:

Carência é o tempo necessário para ter acesso a determinadas coberturas previstas após a contratação do seu plano.

ANS

Uma das principais funções do plano de saúde é, portanto, cobrir ocorrências futuras e imprevistas, além de oferecer um atendimento de qualidade e com acesso a uma infraestrutura completa para realização de consultas e exames, com conforto e segurança.

Dessa forma, a existência do instrumento da carência se justifica para garantir essa condição incerta e futura das ocorrências de assistência à saúde, sendo importante também para assegurar a viabilidade do mercado de planos de saúde.

A saber, o tempo de carência para acesso aos procedimentos e atendimentos médicos, previstos nas coberturas dos planos, podem variar entre as operadoras e a modalidade de plano contratada. Contudo, esse período não pode ser maior do que o previsto na legislação. Confira abaixo os limites máximos para as carências, estabelecidos pela ANS:

Casos de urgência e emergência: 24 horas;
Consultas e exames básicos: 30 dias;
Exames especiais: 90 dias;
Partos a termo, excluídos os partos prematuros e decorrentes de complicações no processo gestacional: 300 dias;
Doenças e lesões preexistentes: 720 dias;
Demais situações: 180 dias.

Fonte: ANS e Unimed.

Visto que agora você já sabe como funciona o período de carência nos planos de saúde, entre em contato de um de nossos consultores para descobrir as nossas vantagens exclusivas, e garanta já a proteção para a sua saúde!